Internacionalização da Ciência

  • Felipe Campos Penha IFGW/UNICAMP

Resumo

A equipe da revista Physicae apresenta o seu 11º número, em 2015. Alguns pontos merecem destaque nesta edição. Primeiro, temos notado um crescente número de submissões em inglês, que é reflexo da internacionalização da Ciência brasileira. Por a Physicae ser uma revista online e open access (de livre acesso), a escolha dos autores pela língua inglesa torna possível a leitura de seus artigos nos mais diversos países. Segundo, temos feito um grande esforço para trazer as publicações de pesquisadores de diversas universidades e centros de pesquisas, através da divulgação da revista. Estamos abrindo, na presente edição, a proposta de visitar vários estados brasileiros. Começamos pelo estado de Mato Grosso, coração do Brasil e centro da América do Sul, com a produção do Instituto de Física da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), universidade esta, que neste ano completa 45 anos, e da Universidade de Cuiabá (UNIC). Apresentamos um trabalho destas instituições na seção de artigos convidados, intitulado "Modelagem estatística multivariada dos conceitos relacionados à Física Ambiental". Além do artigo "Orbital Order and Electronic Correlations in a Planar Model for Manganites", que é fruto de colaboração entre Mato Grosso e Índia. Por último, destacamos os interessantes trabalhos, publicados nas áreas de Geomagnetismo e de Meios Porosos, os quais reforçam o caráter interdisciplinar da revista.


We, the Physicae journal's staff, present our 11th issue in 2015. A few points should be highlighted in the present edition. First, we have noticed an increasingly number of submissions in English, which reflects the internationalization of Brazilian Science. Because Physicae is an online journal and also open access, the authors' choice for the English language makes it possible to read the papers in any other country. Secondly, we have made a great effort to bring to the readers' attention publications from several universities and research centers, what was accomplished through the journal's dissemination. We are opening up in this issue the proposal to visit several Brazilian states. We begin by the state of Mato Grosso, the heart of Brazil and the center of South America, with the production of the Physics Institute of the Federal University of Mato Grosso (UFMT), an university now celebrating 45 years, and the University of Cuiabá (UNIC). We present a work from these institutions in the invited papers section, entitled "Modelagem estatística multivariada dos conceitos relacionados à Física Ambiental" (Multivariate statistical modeling of concepts related to Environmental Physics). In addition to the paper "Orbital Order and Electronic Correlations in a Planar Model for Manganites", which is the product of cooperation between Mato Grosso and India. Finally, we highlight the interesting works published in the areas of Geomagnetism and Porous Media, which reinforce the interdisciplinary nature of the journal.
Publicado
2015-12-17
Como Citar
CAMPOS PENHA, Felipe. Internacionalização da Ciência. Physicae, [S.l.], n. 11, p. p. 0, dec. 2015. ISSN 22363521. Disponível em: <https://physicae.ifi.unicamp.br/index.php/physicae/article/view/327>. Acesso em: 18 oct. 2017. doi: https://doi.org/10.5196/physicae.v0i11.327.
Seção
Editorial